Um garoto de 14 anos foi agredido e teve o celular quebrado após ser confundido com um ladrão, no município de Seabra, na Chapada Diamantina. À polícia, a mãe do adolescente afirmou que o filho foi acusado de furtar um smartphone. A situação aconteceu na quinta-feira (20).

Imagem ilustrativa

Em depoimento, ela explicou que uma dupla foi responsável pela agressão. Os suspeitos já foram identificados pela Polícia Civil, intimados e devem prestar depoimento. A 13ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Seabra) expediu guias para que o adolescente faça o exame de corpo e delito. Com informações do Metro1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.