Operação da Policia Ambiental em Oliveira dos Brejinhos resulta em Prisão por Crime Ambiental e Porte Ilegal de Armas

Operação da Policia Ambiental em Oliveira dos Brejinhos resulta em Prisão por Crime Ambiental e Porte Ilegal de Armas

CIPPA/Lençóis age com sucesso em combate à caça ilegal de animais silvestres e desmantela grupo de caçadores armados em Oliveira dos Brejinhos, a ação foi realizada neste domingo (23/07).

Em uma ação da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA/Lençóis), uma operação policial foi desencadeada no Povoado Beira Rio, município de Oliveira dos Brejinhos, que resultou na prisão em flagrante de um indivíduo por crime ambiental e porte ilegal de armas.

Durante rondas ostensivas realizadas pela equipe da CIPPA-Lençóis, quatro policiais militares abordaram um veículo modelo Gol, de cor azul. O condutor, de 35 anos, estava transportando cães no bagageiro do automóvel. Ao averiguar o veículo, foram encontrados diversos petrechos de caça, animais silvestres abatidos, munições e três motosserras.

Ao ser questionado, o indivíduo revelou que fazia parte de um grupo de caçadores que praticava atividades de caça ilegal na região. Ele indicou os locais onde estavam escondidas as armas utilizadas na caça, bem como seus parceiros que participaram da atividade criminosa momentos antes da abordagem policial.

Com base nas informações fornecidas pelo detido, a equipe da CIPPA-Lençóis encontrou os locais indicados. Na primeira localidade, a equipe foi recebida pela esposa do conduzido, que entregou quatro armas de fogo e animais silvestres abatidos, incluindo um exemplar da espécie cotia. Em outra área apontada, três cães foram encontrados em situação de maus-tratos, e o nacional de 19 anos, apresentou mais quatro armas e partes de um animal silvestre abatido da espécie caititu. Em uma terceira localidade, um homem de 45 anos, também confirmou as informações fornecidas pelos outros detidos e entregou mais quatro armas e pedaços de animais silvestres caçados.

Todos os envolvidos foram enquadrados nos crimes ambientais, conforme o artigo 29 da Lei 9.605/98, e também no crime de tráfico de armas, de acordo com o artigo 12 da Lei 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento). Ao todo, foram apreendidas seis espingardas cartucheiras, uma espingarda calibre 5.5, cinco espingardas socadeiras, três motosserras, um veículo, três rádios transmissores, doze cartuchos calibre .22, dois cartuchos calibre .32, três carcaças de animais silvestres e diversos petrechos para caça.

Os infratores, juntamente com todo o material apreendido, foram conduzidos e apresentados na Delegacia Territorial de Ibotirama, onde foram registrados os autos de prisão em flagrante delito (APFD) sob o número 37613/2023, e o boletim de ocorrência de número 00456396/2023-A01.

Essa ação da Polícia Militar da Bahia demonstra o compromisso com a preservação ambiental e o combate à criminalidade, visando proteger a fauna e flora do estado. A população pode colaborar denunciando atividades ilícitas por meio do Disque-Denúncia no número 75 99951-5994.

Kleber Medrado

Deixe um comentário