PRF realiza duas apreensões de anfetaminas em fiscalização na BR-242 na cidade de Itaberaba

Em operações de fiscalização realizadas ontem (28), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia efetuou duas importantes apreensões de anfetaminas, popularmente conhecidas como rebite, em veículos de transporte de carga que transitavam pela BR-242, no município de Itaberaba (BA). 

Imagem reprodução PRF-BA

A primeira ocorrência ocorreu por volta das 22:00 horas. Durante a verificação de itens obrigatórios como cinto de segurança e extintor de incêndio, foi encontrada uma cartela contendo 15 comprimidos de substância análoga à anfetamina, com o nome comercial Nobésio Extra-Forte. O condutor, que confirmou ser o proprietário da droga, admitiu sua utilização para combater a fadiga em viagens de longa duração.

Pouco tempo depois, durante a inspeção dos itens obrigatórios, os agentes encontraram uma cartela com 12 comprimidos da mesma substância. Assim como no primeiro caso, o condutor assumiu a posse da droga, justificando seu uso para manter-se acordado durante deslocamentos de carga.

As anfetaminas, embora regulamentadas pela ANVISA para determinados fins, são proibidas ou restritas dependendo da substância presente no princípio ativo. Seu consumo sem autorização ou em desacordo com a legislação configura crime, enquadrado no artigo 28 da Lei 11.343/06, que trata do porte de drogas para consumo pessoal.

Ambos os condutores concordaram em assinar o termo de compromisso de comparecimento ao juizado especial criminal em Itaberaba. Após a lavratura do termo circunstanciado de ocorrência (TCO), foram liberados, ficando sujeitos às medidas legais previstas para o caso.

A PRF reforça seu compromisso com a segurança viária e a prevenção de práticas ilegais nas rodovias federais, visando garantir a integridade de condutores e demais usuários das estradas. As apreensões de anfetaminas evidenciam a importância da fiscalização rigorosa para coibir o uso dessas substâncias, que representam riscos à segurança no trânsito.

Kleber Medrado

Deixe um comentário